PT EN
02 Junho 2017

THE CLAY PARADE!

Da terra nasce vida, cor, felicidade e amor!

 
Da terra nasce vida, cor, felicidade e amor!
Quantos tons de barro?
Os mesmos da pele?
Os mesmo que nos diferenciam, mas nos aproximam?

 

Maria Castel-Branco convida-nos a assistir à sua Clay Parade. Todos únicos na nossa essência e no nosso ser,embora todos parte de um exército exuberante, eclético e pleno de possibilidades felizes. Da Terra, o barro, a flor, a Vida!

Maria Castel-Branco começou o seu percurso profissional no mundo da multimédia e do design gráfico. Como hobbie decorou bolos que se revelavam esculturas e adivinhavam já a necessidade de uma expressão plástica e criativa. Decidiu pôr as mãos na massa e aprofundar os conhecimentos na arte da cerâmica. Esteve dois anos em formação no Atelier Caulino, onde começou a desafiar as potencialidades da arte de fazer cerâmica, sem mais a largar. Com os ceramistas Ricardo Lopes e Vasco Baltazar aprendeu a trabalhar com a roda de oleiro.

No seu atelier gosta de fazer objectos que se perpetuem, independentemente de tendências ou épocas. Não gosta de fazer as coisas certinhas nem iguais. Gosta das imperfeições que o trabalho à mão não deixa disfarçar. Inspira-se no dia a dia, na rua e no que a rodeia.The Clay Parade surge talvez de um imaginário de referências e influências familiares contrastantes, como o universo militar, disciplinado e comum; e o mundo das artes plásticas, alegre, imperfeito e único na sua expressão.